Historial

 

O grupo Pardalitos do Mondego, cuja origem do nome é um segredo bem guardado, foi criado em 1992 no seio da claque universitária de apoio à AAC-OAF, FANS - Falange de Apoio Negro, sendo os seus membros antigos estudantes da academia.

Desde os seus primeiros passos que o seu objetivo é a defesa da música de matriz coimbrã, olhando-a como um género musical frutificado a partir do ambiente universitário, mas com uma profunda raiz popular.

Neste espírito, não se limita o grupo a reproduzir os grandes temas que formam a estrutura mais que centenária da canção de Coimbra. Tendo desenvolvido o seu percurso ao longo destes anos, contribui para o avanço dela com a composição de inúmeros originais que, como sempre na historia desta canção, refletem os sentimentos dos elementos do grupo a cada tempo e são reveladores da sua evolução estética.

As apresentações dos Pardalitos do Mondego denotam esta visão histórica e evolutiva do fado e da balada de Coimbra, procurando uma coerência temporal e poética que proporcione deleite a quem as ouve, ao mesmo tempo que procura deixar uma marca cultural que represente a cidade e a academia.

No seu percurso, o grupo participou em diversas edições discográficas, teve oportunidade de se apresentar de norte a sul do país e também de levar a cultura de Coimbra além fronteiras.

2014 é o ano da edição do primeiro disco de originais.

Barcelos
Com Carlos Carranca no Theatro Gil Vicente.
Afluentes - 2ª Edição
Esgotada a primeira edição, lançamos mais 1000 exemplares. Obrigado aos que nos ajudaram a chegar aqui.
Log in